CUIABÁ

ECONOMIA

Funcionário da Caixa é preso em flagrante fraudando auxílio emergencial

Publicados

ECONOMIA

 

 

source
Polícia Federal prende funcionário da Caixa por fraude no auxílio emergencial, na Baixada Fluminense
Sophia Bernardes

Polícia Federal prende funcionário da Caixa por fraude no auxílio emergencial, na Baixada Fluminense

A Polícia Federal prendeu em flagrante um funcionário da Caixa Econômica Federal (CEF) por tentativa de fraude no auxílio emergencial, em uma agência bancária localizada em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Segundo a PF, a prisão foi efetuada logo após o funcionário ter inserido dados falsos de pessoas no sistema relativo ao benefício pago pelo governo federal.

Toda a ação foi acompanhada pelo Setor de Inteligência da CEF que atua em conjunto com a Polícia Federal no combate aos crimes contra a instituição.

O funcionário da Caixa foi conduzido à delegacia da Polícia Federal em Nova Iguaçu. O preso responderá pelo crime de inserção de dados falsos em sistema de informações, e sua pena pode chegar a 12 anos de reclusão, além de multa.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Exterior, crise hídrica e dólar pressionam preço de combustíveis, diz Guedes
Propaganda

ECONOMIA

Empresa aérea dá dicas de como conseguir passagens mais baratas

Publicados

em

Fugir dos perrengues, dos gastos excessivos e conseguir passagem de última hora facilmente são algumas das preocupações que rondam o cotidiano dos viajantes. Pensando nisso, a Wizz Air, uma companhia aérea húngara de baixo custo, elaborou algumas dicas de como conseguir passagens com melhores preços para viagens internacionais.

Alterne as moedas

A Wizz Air diz que os passageiros devem observar as diferentes “forças” da moeda no momento da reserva, pois assim é possível ter uma oferta mais barata reservando o voo na moeda do local de destino invés da atual.

Voar com flexibilidade

Ao reservar qualquer voo, os horários de pico normalmente são os mais caros. Por isso, o ideal é estar disponível para viajar em diferentes datas e horários nos quais a procura costuma ser mais baixa, ou seja, é uma chance boa de economizar. Em alguns casos, as companhias oferecem a opção “flexível com datas” na função de pesquisa, permitindo que os viajantes comparem os preços. A Wizz Air aponta ainda que voos noturnos também saem mais em conta do que os diurnos.

Leia Também:  Privatização da Eletrobras é a maior do país, diz ministério

Pesquisar passagens apenas de ida

Fazer duas reservas diferentes ao invés de uma de ida e volta pode sair mais barato. Não é algo que acontece o tempo todo, mas vale a pena comparar essas duas possibilidades para se certificar da diferença de custo.

Planeje-se com antecedência

Mesmo que possam surgir demandas de última hora, o ideal é sempre se planejar com antecedência. A Wizz Air pontua que os preços tendem a aumentar na medida em que a data da saída se aproxima, especialmente se se tiver bastante procura. A companhia recomenda que as passagens sejam reservadas até oito semanas antes da data em que se deseja viajar.

Separe as reservas

Quando várias pessoas viajam em grupo, os voos têm tendência a serem mais caros, já que o algoritmo da companhia aérea automaticamente fará o grupo se juntar. Devido a isso, reservar individualmente pode ser a forma mais econômica.

Redes sociais

É sempre bom seguir as empresas nas mídias sociais e inscrever-se para receber e-mails de marketing, desse modo poderá ser uma das primeiras pessoas a receber a notícia de ofertas especiais. Além disso, há companhias que recompensam os seguidores oferecendo promoções exclusivas e fornecendo acesso antecipado às vendas e códigos de desconto personalizados.

Leia Também:  MT entrega títulos definitivos para 600 moradores do São João Del Rey
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA