CUIABÁ

ENTRETENIMENTO

Adolescente de Gana faz próprio scooter de madeira movido a energia solar

Publicados

ENTRETENIMENTO

 

 

source

Scooter de madeira tem até sistema de som Bluetooth e conta com autonomia suficiente para rodar por uma semana
Divulgação

Scooter de madeira tem até sistema de som Bluetooth e conta com autonomia suficiente para rodar por uma semana

A necessidade, dizem eles, é a mãe da invenção. Ninguém sabe disso melhor do que Samuel Aboagye, um adolescente de Gana, que constrói diversos objetos com lenha e sucata com o dinheiro de bolso da escola, informa o site americano Autoevolution.

Entre a suas criações, ele já construiu desde máquinas de lavar e até um drone. Sua obra mais recente foi uma scooter de madeira movida à energia solar. Para isso, ele usou madeira que, de outra forma, teria sido usada como lenha e peças de uma velha bicicleta que não funcionava mais.

O que impressiona na habilidade do jovem ‘engenheiro’ é que a seu scooter foi todo fabricado sem a necessidade de uma furadeira usando apenas uma faca para cortar, furar e moldar a coisa.

 

Foto: Divulgação

 

Foto: REPRODUÇÃO/YOU TUBE

 

Foto: Divulgação

 

Foto: Divulgação

 

Foto: Divulgação

 

Foto: Divulgação

 

Foto: Divulgação

 

Foto: Divulgação

 

Foto: Divulgação

 

O projeto de Samuel foi concluído em apenas duas semanas. Uma das características da sua scooter elétrica é que é movida a energia solar com excelente autonomia com direito até um sistema de entretenimento, sim, um alto-falante Bluetooth e um rádio que, segundo ele, pode se conectar a mais de 100 estações na área. Ou você pode tocar música diretamente do seu telefone.

Leia Também:  Pabllo Vittar anuncia novo single com meme de Anitta

Você viu?

Aboagye conta que a energia vinha de 20 baterias de telefone , mas ele as trocou por uma bateria da máquina de costura de sua mãe. Ele adicionou um painel solar na parte traseira para adicionar um pouco mais ao alcance e agora está dizendo que pode andar de scooter por uma semana inteira antes de precisar recarregar novamente.

O que ele não diz é o quanto ele monta no dia a dia. No entanto, ainda é um pequeno veículo elétrico legal, considerando a matéria-prima utilizada. Confira a seguir um vídeo da scooter elétrica de madeira em funcionamento.

A criação de Samuel foi identificada pela primeira vez no trânsito e, assim que o vídeo foi postado nas redes sociais, e acabou viralizando nas redes sociais. Sua história foi então divulgada pela mídia local.

Em seguida, foi divulgada pelo ativista Efo Selasi, que destaca jovens empreendedores , criativos e talentos em toda a África. Samuel, acredita Selasi, tem tudo para se tornar um ativo com o suporte e o respaldo certos.

Leia Também:  Emmy 2021: "The Crown" e "The Mandalorian" lideram indicações

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Apresentadora da GloboNews fala de paixão por outra mulher: “Nunca imaginei”

Publicados

em

Leilane Neubarth, apresentadora da GloboNews , comentou sobre a mudança de vida que teve após completar 50 anos. Depois de dois casamentos e dois filhos, ela contou que se viu apaixonada por outra mulher. “Não tinha a menor ideia do que viria a acontecer comigo na maturidade”, disse em entrevista à Veja.

Leilane se casou com o primeiro marido aos 20 anos e se separou aos 26. Aos 28, se casou novamente e teve dois filhos, um de cada casamento. Com o segundo marido, viveu por 22 anos.

“A relação sofreu um desgaste grande e nos separamos. Eu sofri muito, tinha planejado minha vida com ele, envelhecer com aquele homem. Lembro que, na época, falei para minha terapeuta: ‘Cara, sonhei a vida inteira em envelhecer com um marido, e tudo naufragou’”, contou.

“Ela respondeu: ‘Talvez seja melhor você sonhar com outras coisas, porque esse sonho aí já não rolou. A menos que você queira ser infeliz pelos próximos 30 anos’. Paralelamente, aconteceu uma coisa totalmente inesperada: aos 52 anos, eu me apaixonei por uma mulher”, disse.

Leia Também:  Império: Maria Isis causa a fúria de Magnólia e é jurada de vingança

A jornalista, na área há 40 anos, contou que não pensava na possibilidade de se apaixonar por uma mulher. “Algumas pessoas me falavam: ‘Ah, então você sempre foi gay e foi infeliz porque era casada com um homem’. Não! Eu era feliz com minha vida sexual, amorosa, matrimonial”, contou.

“Só que aí eu me separei e, de repente, as coisas começaram a acontecer e surgiu essa outra emoção, outro sentimento, uma outra atração que eu nunca tinha pensado. Se me perguntam: ‘Você nunca teve tesão em mulher?’. Não, não tinha. Acho que foi algo que surgiu num momento em que eu estava priorizando a delicadeza amorosa e a harmonia. Então, de lá pra cá, eu venho tendo relações homossexuais”, disse.

Leilane garante que é feliz. “Muito, muito feliz. Mas se você me perguntar: ‘Vai ser assim a vida inteira?’. Não sei. Parei de fazer planos, porque o plano que não se concretiza nos frustra. Sem planos, sem frustrações (risos). Hoje tenho uma namorada, estamos juntas há pouco mais de um ano”, disse.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA