CUIABÁ

ENTRETENIMENTO

Evangélica, ex-Ronaldinha relembra passado na prostituição e no pornô

Publicados

ENTRETENIMENTO

Na segunda metade da década de 90, Vivi Brunieri ficou famosa como a namorada de Ronaldo Fenômeno e, logo em seguida, ao fazer parte do grupo As Ronaldinhas. A fama lhe trouxe frutos, alguns financeiros, mas também traumas. Hoje, aos 45 anos e missionária evangélica, Vivi fala abertamente sobre o passado. Ela revela que se desfez de todos os bens materiais que comprou com o cachê de R$ 500 mil do filme pornô que protagonizou e que rodou suas cenas fazendo uso de metanfetamina.

“Foi a melhor coisa que eu fiz na vida e a pior. O cachê foi muito bom, mas estava usando muita metanfetamina na época, que foi meu fundo do poço. Eu gravava e ia para o banheiro cheirar. Eu estava muito louca, não estava normal. Depois da minha conversão, eu me desfiz de todos os bens que comprei com os R$ 500 mil que ganhei. Issoi foi em 2014. Não sobrou nada. Carro importado, joias… Não fazia sentido para mim ser um missionária e viver com o que eu tinha ganhado fazendo o filme pornô”, disse Vivi Brunieri no podcast “Mais que oito minutos”.

Leia Também:  Whindersson Nunes abre o jogo sobre dinheiro e fama: “Eu não tenho essa grana toda”

A ex-Ronaldinha contou que conheceu o jogador depois da temporada que passou no Japão e que, na época, morria de medo que a imprensa descobrisse como ela ganhava a vida longe do Brasil. “Comecei a trabalhar com prostituição aos 16 anos no Japão. Eu trabalhava num karaokê e mentia que tinha 19. Era lá que a gente conseguia os clientes para o programa. Eu chorava toda a vez que tinha que ter relações sexuais. Ganhei o dinheiro que precisava para pagar uma dívida da família”.

O encontro com Ronaldo Fenômeno, segundo ela relata, foi por acaso, no flat onde ela estava hospedada no Rio. Ela tinha 19 anos na época, a mesma idade do jogador. “Ele me convidou para ir a um pagode e, já no dia seguinte, eu estava sendo apresentada como namorada num churrasco de família. Depois, veio o convite para ir à Holanda com Ronaldo. Via no namoro uma forma de ficar famosa. Era por interesse mesmo, não tinha sentimento”, entregou.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Vaza vídeo íntimo de Natália, do ‘BBB 22’; equipe da sister se posiciona

Publicados

em

Um vídeo íntimo de Natália, participante do “BBB 22”, vazou e, logo, começou a circular nas redes sociais. Na gravação, a sister aparece praticando sexo oral. A equipe da modelo se manifestou nas redes sociais sobre o assunto, confirmando a veracidade do vídeo. “Já temos conhecimento do vídeo que está circulando! Tomaremos as providências cabíveis”, escreveram os administradores das redes sociais de Natália nesta quarta-feira, 19, no Twitter. Eles também lamentaram o ocorrido e pediram a ajuda da torcida da sister para tirar o vídeo de circulação.

“O compartilhamento desse conteúdo é um desrespeito a participante enquanto mulher e também a família dela. Isso é muito sério e nenhuma pessoa deveria passar por essa exposição. Pedimos que denunciem todas as publicações e também perfis que estão compartilhando. Precisamos derrubar esse conteúdo e precisamos da ajuda de vocês.” Natália faz parte do grupo Pipoca e, além de modelo, é designer de unhas. A sister tem 22 anos, é de Belo Horizonte e, em seu vídeo de apresentação, contou que descobriu que tinha vitiligo quando criança. “Tinha vergonha, tampava, até eu conseguir entender o que é e me respeitar dessa forma”, contou. Nesta primeira semana de jogo, Natália gerou polêmica ao dar uma opinião controversa sobre a escravidão.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Juliana Caetano posa com ursinho e revela medida de suas partes íntimas
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA