CUIABÁ

POLÍCIA

Filho vê pai apanhando; atira e mata bandido em chácara em Cuiabá

Publicados

POLÍCIA

Um assaltante, ainda não identificado, foi morto no final da tarde de terça-feira (11) durante um assalto em uma chácara localizada na zona rural de Cuiabá.  O dono da propriedade reagiu ao ver o pai sendo agredido por um dos criminosos. O resto do grupo fugiu.

Segundo informações do registro da ocorrência, a equipe da Polícia Militar foi acionada por volta das 19h, informando sobre um roubo a uma chácara, onde a vítima tinha reagido e atirado em um dos bandidos.

Já no local, testemunhas informaram que cerca de 5 bandidos armados invadiram o local e renderam o caseiro e a família. O proprietário da chácara estava chegando no local em um carro. Em outro, estava o filho, que ficou fechando a porteira.

Quando o homem se aproximou da residência, foi rendido por um dos bandidos e agredido com coronhadas. Quando o filho foi se aproximando, flagrou o pai apanhando dos suspeitos.

O homem percebeu que um dos bandidos vinha em sua direção e reagiu atirando de dentro do carro, acertando o suspeito que caiu morto debaixo da caminhonete. Ao ouvir os disparos, os comparsas fugiram para dentro do mato levando vários objetos pessoais das vítimas.

Leia Também:  Mauro diz que Hospital Central era "maior vergonha de MT"

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e, ao chegar, constatou a morte do bandido. Após o ocorrido, a vítima que reagiu deixou o local e não foi encontrada. A Polícia Civil apura o caso.

Imagens do repórter Franciel Almeida, do Programa do Pop (TV Rondon)

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Golpista se passa por funcionário de banco e transfere R$ 52 mil de cliente

Publicados

em

A Polícia Civil de Mato Grosso, por meio da Delegacia de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI), recuperou através de bloqueio bancário a quantia de R$ 47 mil subtraídos de uma vítima de estelionato praticado por meio eletrônico.

Na terça-feira (10.05), a vítima de 22 anos e moradora do município de Porto dos Gaúchos (663 km a médio norte de Cuiabá), registrou o boletim de ocorrência.

O comunicante informou que recebeu uma ligação de uma pessoa, a qual se identificou como sendo da Cooperativa Sicredi.

Na ligação o suspeito disse que haviam tentado acessar a conta bancária da vítima por um aparelho celular não cadastrado. Devido ao fato era necessário fazer uma atualização do cadastro de segurança.

A vítima acabou seguindo as orientações repassadas pelo golpista via telefone, e teve o acesso de sua conta bloqueada. Em seguida ela verificou que haviam realizados dois débitos de sua conta.

Uma das transferências foi no valor de R$ 49 mil, enviado para uma conta do mesmo banco. A segunda transferência no valor de R$ 3 mil, foi creditado em uma conta de outra instituição financeira.

Leia Também:  Médico é acusado de xingar manicure de "preta imunda" dentro de salão em Cuiabá

A vítima retornou a ligação para o número do telefone, mas não conseguiu contato. Foi quando percebeu que havia caído em um golpe de estelionato.

A DRCI foi acionada para dar apoio nas diligências, e conseguiu recuperar quase o valor total subtraído da vítima através de bloqueio bancário.

As investigações continuam visando identificar e prender o autor do crime.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA