CUIABÁ

POLÍCIA

Homem esfasqueia desafeto; tem arma tomada e morre em MT

Publicados

POLÍCIA

Antônio Iramar Alves Lima, 39 anos, morreu após ser esfaqueado durante uma briga de bar na tarde deste domingo, na cidade de Lucas do Rio Verde (330 km de Cuiabá). Antônio levou uma facada no peito, após esfaquear um homem, que pegou a arma e revidou.

Segundo informações da Polícia Civil, as equipes foram acionadas por volta das 17h por populares relatando a briga entre os dois homens, que evoluiu para uma tentativa de assassinato. Quando os militares chegaram no local, uma equipe do Corpo de Bombeiros também já havia sido solicitada, constatando o óbito do homem. O outro envolvido na briga foi encaminhado para uma unidade de saúde.

Testemunhas relataram aos PMs que o acusado pelo homicídio estava bebendo quando Antônio chegou no local de bicicleta. Sem discutir, foi para cima da vítima, desferindo uma facada no peito dela. Começou então uma luta corporal. Em determinado momento, a vítima que estava com uma faca cravada no peito, retirou a arma e desferiu vários golpes contra Antônio.

Leia Também:  Polícia Militar prende serial killer que comia olhos, orelha e bebia sangue das vítimas

No local do crime, havia vários objetos quebrados, como garrafas de cervejas, cadeiras e até um taco de sinuca.

As equipes da Polícia Civil e da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) estiveram no local e informaram que ele tinha várias lesões na cabeça e diversas facadas pelo corpo. O crime será investigado.

O acusado continua internado no hospital sob custódia da Polícia Militar.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Golpista se passa por funcionário de banco e transfere R$ 52 mil de cliente

Publicados

em

A Polícia Civil de Mato Grosso, por meio da Delegacia de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI), recuperou através de bloqueio bancário a quantia de R$ 47 mil subtraídos de uma vítima de estelionato praticado por meio eletrônico.

Na terça-feira (10.05), a vítima de 22 anos e moradora do município de Porto dos Gaúchos (663 km a médio norte de Cuiabá), registrou o boletim de ocorrência.

O comunicante informou que recebeu uma ligação de uma pessoa, a qual se identificou como sendo da Cooperativa Sicredi.

Na ligação o suspeito disse que haviam tentado acessar a conta bancária da vítima por um aparelho celular não cadastrado. Devido ao fato era necessário fazer uma atualização do cadastro de segurança.

A vítima acabou seguindo as orientações repassadas pelo golpista via telefone, e teve o acesso de sua conta bloqueada. Em seguida ela verificou que haviam realizados dois débitos de sua conta.

Uma das transferências foi no valor de R$ 49 mil, enviado para uma conta do mesmo banco. A segunda transferência no valor de R$ 3 mil, foi creditado em uma conta de outra instituição financeira.

Leia Também:  Homem é preso após agredir e ameaçar os pais e irmão com arma de fogo

A vítima retornou a ligação para o número do telefone, mas não conseguiu contato. Foi quando percebeu que havia caído em um golpe de estelionato.

A DRCI foi acionada para dar apoio nas diligências, e conseguiu recuperar quase o valor total subtraído da vítima através de bloqueio bancário.

As investigações continuam visando identificar e prender o autor do crime.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA