CUIABÁ

POLÍCIA

Invasor é amarrado por moradores ao adentrar em quintal de casa

Publicados

POLÍCIA

Um homem de 32 anos foi preso após tentar invadir uma casa setor Industrial, no município de Sorriso (397,2 km de Cuiabá), neste domingo (16). A ação foi impedida pelos próprios moradores, que amarram o suspeito até a chegada da Polícia Militar.

Aos militares, as vítimas relataram que escutaram um barulho na parte externa do imóvel e ao saírem para verificar encontraram o suspeito no quintal. Eles questionaram o que o rapaz fazia no local e o homem justificou que fugia da namorada.

Desconfiados, os moradores solicitaram que o homem entregasse algum documento, mas ele recusou. Nesse momento, os resistentes anunciaram que iriam chamar a polícia e o homem tentou fugir.

Um dos moradores tentou o segurar, mas foi empurrado e acabou sofrendo escoriações no joelho esquerdo, na mão e deslocando um dos braços. Depois disso, outros dois moradores conseguiram mobilizar o rapaz, que tentou resistir.

Ele foi mobilizado e amarrado até a chegada dos policiais. O suspeito sofreu ferimentos no olho esquerdo e apresentava escoriações no peito, barriga, costas e rosto. Ele foi preso e encaminhado para delegacia.

Leia Também:  PRF localiza semirreboque com adulteração em MT

Já uma das vítimas precisou ser encaminhada para o hospital devido aos ferimentos que sofreu ao tentar segurar o rapaz.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Golpista se passa por funcionário de banco e transfere R$ 52 mil de cliente

Publicados

em

A Polícia Civil de Mato Grosso, por meio da Delegacia de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI), recuperou através de bloqueio bancário a quantia de R$ 47 mil subtraídos de uma vítima de estelionato praticado por meio eletrônico.

Na terça-feira (10.05), a vítima de 22 anos e moradora do município de Porto dos Gaúchos (663 km a médio norte de Cuiabá), registrou o boletim de ocorrência.

O comunicante informou que recebeu uma ligação de uma pessoa, a qual se identificou como sendo da Cooperativa Sicredi.

Na ligação o suspeito disse que haviam tentado acessar a conta bancária da vítima por um aparelho celular não cadastrado. Devido ao fato era necessário fazer uma atualização do cadastro de segurança.

A vítima acabou seguindo as orientações repassadas pelo golpista via telefone, e teve o acesso de sua conta bloqueada. Em seguida ela verificou que haviam realizados dois débitos de sua conta.

Uma das transferências foi no valor de R$ 49 mil, enviado para uma conta do mesmo banco. A segunda transferência no valor de R$ 3 mil, foi creditado em uma conta de outra instituição financeira.

Leia Também:  Homem é preso após atirar contra casal de namorados em MT

A vítima retornou a ligação para o número do telefone, mas não conseguiu contato. Foi quando percebeu que havia caído em um golpe de estelionato.

A DRCI foi acionada para dar apoio nas diligências, e conseguiu recuperar quase o valor total subtraído da vítima através de bloqueio bancário.

As investigações continuam visando identificar e prender o autor do crime.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA