CUIABÁ

POLÍCIA

Polícia Civil impede ação de pai que tentava sair com filho do estado sem autorização da mãe

Publicados

POLÍCIA

 

Assessoria/Polícia Civil-MT

A ação de um homem que tentava sair do estado com o filho sem autorização da mãe foi frustrada pela Polícia Civil, na quinta-feira (08.07), em um trabalho conjunto realizado pela Delegacia de Poconé (104 km ao sul de Cuiabá) e Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande (DEDMCI-VG).

O suspeito saiu com o filho da cidade de Poconé e foi localizado com a criança na rodoviária de Várzea Grande, pouco antes de embarcar para Goiânia (GO).

As  investigações iniciaram na manhã de quinta-feira (08) quando a mãe da criança relatou que o ex-companheiro havia saído da cidade com o filho de apenas dois anos e ainda lactente. Segundo as informações, o casal conviveu  três anos e estava separado há poucos dias, tendo a mulher deixado a residência em que viviam e ido com o filho para a casa da mãe.

Na quarta-feira (07), o suspeito procurou a ex-companheira e disse que pegaria o filho para “dar uma volta”. Após pegar a criança, o suspeito passou em casa buscou as roupas dele e do filho e entrou em um táxi com destino â Cuiabá/Várzea Grande.

Leia Também:  Mato Grosso apresenta reduções de homicídios dolosos, feminicídios, roubos e furtos

Após perceber que o ex-companheiro havia desaparecido com a criança, a mãe procurou a Polícia Militar. Os policiais abordaram o taxista que disse que deixou o pai e a criança em um hotel próximo a rodoviária em Várzea Grande. O suspeito chegou a ser detido e conduzido à Central de Flagrantes de Várzea Grande, onde apresentou a documentação da criança e não havendo definição legal da guarda, foi ouvido e liberado.

Somente na manhã de quinta-feira, a mãe da criança compareceu a Delegacia de Poconé, para registrar o boletim de ocorrência e passando as informações de que o ex-companheiro estava com passagens compradas para embarcar com o filho com destino à Goiânia.

Diante dos fatos, entendendo por uma possível subtração de incapaz e também pela periculosidade à vida da menino, uma vez que ainda é lactente e foi colocado longe da mãe, o delegado Maurício Pereira Maciel solicitou pelas medidas protetivas e em seguida entrou em contato com a Delegacia da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande, na tentativa de localizar o suspeito e a criança.

A equipe da DEDMCI-VG imediatamente iniciou as diligências conseguindo localizar o suspeito com o filho na rodoviária de Várzea Grande, aguardando o embarque. Ele foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos dos fatos e sendo a situação acompanhada pela equipe do Conselho Tutelar de Poconé.

Leia Também:  Suspeito de usar um bar como fachada para tráfico de drogas é preso em flagrante pela Polícia Civil, em Cuiabá

Evidenciada a situação de risco para a criança, o menino foi entregue ao Conselho Tutelar que o levou de volta para Poconé.

Segundo o delegado, Maurício Maciel, apesar de o pai ter saído da cidade com o filho sem autorização da mãe, não coube situação de flagrante contra o suspeito, uma vez que o casal ainda resolveu as questões legais relacionadas à guarda da criança.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Jovem é preso após dirigir sem CNH e atropelar homem em Cuiabá

Publicados

em

Um rapaz de 19 anos foi detido na madrugada desta segunda-feira (15) após atropelar um homem no bairro Ribeirão do Lipa e deixar a vítima no Hospital Municipal de Cuiabá. De acordo com o boletim de ocorrência, por volta das 5h, uma guarnição da Polícia Militar fazia rondas pela região quando foi acionada por funcionários da unidade de saúde que atendiam no box de emergência.

Aos policiais, eles relataram que um homem, vítima de atropelamento, havia dado entrada na unidade e que ele havia sido deixado por um veículo de cor branca, que fugiu do local. As testemunhas também informaram que o carro estava com a frente danificada, indicando ele poderia ter atropelado a vítima.

Os policiais então fizeram buscas e avistaram o veículo saindo do hospital. O condutor foi abordado próximo ao Centro de Eventos do Pantanal. Dentro do carro, estavam dois ocupantes que foram revistados.

Os militares verificaram que o veiculo estava danificado no farol direito e no para-brisa traseiro. Após a revista, os ocupantes do veículo foram questionados sobre a situação e o condutor, de 19 anos, informou que após sair de uma festa seguia pela Avenida Marechal Rondon quando a vítima teria surgido na frente do carro e foi atropelada.

Leia Também:  Força Integrada de Combate ao Crime Organizado realiza prisão de um dos responsáveis pela execução de Delegado da Polícia Civil da Bahia

Ainda segundo o rapaz, ele tentou acionar Serviço de Atendimento Móvel (Samu), mas não soube informar a localização correta e a equipe médica não compareceu ao local.  Então, ele levou o homem a hospital.

Não há informações sobre seu atua estado de saúde. Durante as checagens no automóvel, nada de irregular foi constatado.

Também não havia nenhum registro de ocorrência no nome dos dois ocupantes do carro. Entretanto, o condutor não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Diante dos fatos, ambos foram encaminhados para a Central de Flagrantes e o caso foi registrado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA